Retrospectiva 2020: 25 ônibus articulados na Grande Ilha

Recentemente iniciou operação pela Expresso Grapiúna, um veículo articulado do modelo Torino G7 Express da fabricante Marcopolo, montado sobre chassi Mercedes-Benz O-500MA BlueTec 5 recebendo o número 47-670.
Com o retorno deste articulado em nossa Ilha, voltamos a contar com 25 ônibus do tipo, o que antes eram 24, já que esse 670 em 2018 pertencia ao sistema urbano pela Rei de França, foi levado para Uberlândia (MG).
O ônibus segue em operação na linha A977 Res. Pirâmide / Term. Cohab, o que também não comprometeu em nenhum momento a quantidade de veículos que já possuía no sistema urbano. Relembrando um pouco as aquisições de articulados da Ilha, o Consórcio Central conta com 5 veículos. Pela Viação Estrela são 3 unidades do Millennium IV Articulado da Caio Induscar.
Pela Ratrans são 2 unidades do Torino G7 Express da fabricante Marcopolo, ambos os ônibus montados sobre chassi Mercedes-Benz O-500MA BlueTec 5.
Pela Expresso Rei de França também são 5 unidades, todos do modelo Torino G7 Express da fabricante Marcopolo, montados sobre chassi Mercedes-Benz O-500MA BlueTec 5.
Pelo Consórcio Upaon-Açú temos a Patrol com 1 unidade do modelo Mega BRT 2011 Articulado da Neobus, montado sobre chassi Volkswagen 26-330OTA.
Pela Viper são 2 unidades, sendo 1 do modelo Viale BRT e outro do modelo Torino G7 Express, ambos da Marcopolo e montados sobre chassi Volvo B340M Euro 5.
Pela Planeta é apenas 1 unidade do Torino G7 Express da Marcopolo, montado sobre chassi Volvo B340M Euro 5.
E a Viação Aroeiras com 1 unidade do modelo Millennium IV Articulado da fabricante Caio Induscar, montado sobre chassi Mercedes-Benz O-500MA BlueTec 5.
Já a Viação Primor conta com 5 unidades do Millennium IV Articulado da Caio Induscar, montados sobre chassi Mercedes-Benz O-500MA BlueTec 5.
E por fim no sistema semiurbano, a Maranhense conta com 4 unidades do Millennium II Articulado da Caio Induscar, montados sobre chassi Mercedes-Benz O-500MA.
Fonte: SportbuS Maranhão

Postar um comentário

5 Comentários

  1. E Todos esses articulados estão em operação atualmente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por conta da pandemia, eles foram retirados de circulação devido ao fluxo menor de passageiros, além do fato de que alguns deles tem janelas seladas, e com o ar desligado, o calor fica insustentável.

      Excluir
  2. Uma curiosidade esse Mega BRT que na minha opinião é muito feio ele já vai ter que ser aposentado nesse ano de 2021 já que ele é de 2011.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veículos articulados tem idade máxima de 12 anos e o citado em questão tem fabricação 2012, logo, pode rodar até 2024.

      Excluir
  3. Entendi pensei que era de 10 anos tbm e pensei que ele era de 2011.

    ResponderExcluir