Histórico dos Volvo na Grande Ilha

Os ônibus urbanos com chassi Volvo vieram a aparecer com maior intensidade a partir de 2014, quando a concessionária local passou a incentivar a compra junto as empresas, mas esse tipo de chassi já era possível de se ver nas ruas da capital maranhense desde o final da década de 90.
CONVENCIONAIS

A primeira empresa a trazer os veículos com motorização central da Volvo foi a Julle, que adquiriu de uma empresa de Fortaleza 2 unidades do modelo Padron Rio da fabricante Ciferal, montados sobre chassi Volvo B58, os veículos eram semelhantes ao da foto abaixo e receberam os números 18048 e 18049.
Com o fechamento da empresa no final da década de 90, os ônibus foram repassados para a Santa Maria, que operou por algum tempo com os números 22001 e 22018 e em seguida passados para a Raposa. Já como Litoral, a empresa por volta de 2007 adquiriu 2 unidades do Urbanuss da Busscar, montados sobre chassi Volvo B7R, sendo um deles de piso baixo, onde receberam os números 21-022 e 21-023 para operações na T978 Raposa / São Francisco e T979 Raposa / Araçagi.
Até esse período, era extremamente raro de se ver veículos se chassi Volvo na Ilha, até que em 2011 com a chegada da caravana Volvo na cidade, as coisas foram tomando novos rumos e onde a Solemar recebeu um veículo de teste da mesma, sendo um GranVia Midi da Mascarello no B270F Euro 5, que recebeu o número 43-700 e operava na linha T071 Janaína / Riod.
Em 2015 chegavam pela TransRequinte 10 ônibus novos de chassi Volvo na Grande Ilha, sendo eles do modelo Svelto 2012 da Comil no B270F Euro 5, onde foram os primeiros veículos também do Expresso Metropolitano na linha 958 Ribamar / Rodoviária com números 20-942 ao 20-951.
No mesmo ano o Grupo Duarte trouxe 30 unidades do chassi B270F Euro 5 no Mega Plus da Neobus, sendo 15 unidades para a 1001 Expresso (42-557 ao 42-571) e 15 unidades para a Solemar (43-520 ao 43-534).
A Pericumã no final de 2015 trouxe também veículos Volvo, sendo eles do modelo GranVia Midi da Mascarello no B270F Euro 5, onde receberam os números 25-500, 25-508 ao 25-511 para operação na linha 907E Operária / Rodoviária, atual T907.
Com o processo licitatório, empresas do Consórcio Upaon-Açú foram realizando mais aquisições junto a Volvo e foram entregues 23 unidades do B270F Euro 5 de 2016 até o ano passado. A Viper foi a primeira trazendo 10 ônibus do modelo GranVia Midi da Mascarello, onde ganharam os números 300.212 ao 300.221.
Em seguida veio a Rio Negro com 12 unidades do modelo Torino G7 da Marcopolo, onde receberam os números 300.406, 300.408, 300.418, 300.420, 300.422 ao 300.425, 300.427, 300.431 ao 300.433. Logo depois veio mais uma unidade, já no novo modelo da Marcopolo, o Torino S Plus, onde ganhou o número 300.405.
Além dos novos, entraram 6 unidades do modelo Apache Vip IV da Caio Induscar, sendo distribuidos entre a Rio Negro com 4 unidades (300.401 ao 300.404) e Autoviaria Matos (300.628 e 300.630).
ARTICULADOS

A licitação permitiu através do edital, a entrada de ônibus do tipo articulado em nosso sistema e 3 empresas trouxeram para a capital o modelo Volvo B340M Euro 5. A Viper trouxe no modelo Viale BRT da Marcopolo com o número 300.250.
Já a Autoviaria Matos juntamente com a Planeta Transportes trouxeram o modelo Torino G7 Express, onde receberam os números 300.640 e 300.700 respectivamente. Vale lembrar que o veículo de número 300.640 é o protótipo do modelo lançado em 2013, onde foi apresentado com a pintura do BRT do Rio de Janeiro, sendo modificado na fábrica para a operação aqui na Ilha.
Mas a proposta dos veículos articulados não veio só no período de licitação. Em 2003 foi trazido pela Prefeitura, um veículo de teste do modelo Torino LS da Marcopolo, montado sobre chassi Volvo B10M pertencente a uma empresa de Manaus, para realização de testes no terminal de integração do São Cristóvão e nas vias da cidade.
VEÍCULO TRUCADO

Finalizando a nossa matéria, em 2019 foi trazido pela Volvo um veículo do modelo Apache Vip IV da Caio Induscar, montado sobre chassi Volvo B270F Euro 5 6x2 de 15 metros, onde foi testado por algumas empresas na Grande Ilha sendo elas a Viper, Aroeiras e Taguatur.
Fonte: SportbuS Maranhão

Postar um comentário

4 Comentários

  1. Um fato curioso que chama atenção nessa matéria é de que grande parte dos modelos "únicos" pro sistema de transporte da nossa capital estão presentes na frota do Consórcio Upaon-Açu como no caso dos Vip IV Volvo e dos nossos articulados com chassi Volvo B340M, matéria muito bem feita parabéns👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a matéria parabéns ao Sportbus. Aproveitando que estamos falando de chassi e tudo mais queria saber se ainda não chegaram os Torinos S da Viação Estrela Sportbus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, já chegaram no final de março, as 5 primeiras unidades. Já estão na garagem! Mas não irão operar agora.

      Excluir
    2. Não eu sei que não vão operar agora só queria saber mesmo se já estava na ilha.

      Excluir