Intervenção em 4 linhas do Via SL

Devido ao ocorrido na última sexta (20) onde o Consórcio Via SL teve 21 ônibus recolhidos devido a problemas com o banco financiador dos veículos, foi preparado uma operação emergencial para que a população não fique desassistida, confira conosco como irá funcionar.
A partir de amanhã (23), o Consórcio Upaon-Açú estará operando nas linhas T048 Recanto dos Pássaros / Santa Efigênia com 2 ônibus e C088 Circular 2 com 9 ônibus.

Já a Viação Primor entrará na linha C087 Circular 1 com 9 ônibus e na linha T501 Angelim com 5 ônibus. A Primor por um dia já operou na linha C087 e depois de 3 anos, retorna para a linha T501 temporariamente.
A operação vai até que o Consórcio resolva a situação e assim, volte a operar normalmente nas linhas. Nós do Grupo SportbuS, torcemos pela sua recuperação em nosso sistema.

Fonte: SportbuS Maranhão / SMTT

Postar um comentário

11 Comentários

  1. Qual empresa q vai assinar as linhas cohatrac sao frFrancis cohatrac bandeira tribuzzi e. Cohatrac iv

    ResponderExcluir
  2. Vcs sabem os modelos dos veiculos que nao iriam circular?

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de saber qual a previsão da troca da frota da Via SL, tendo em vista que os ônibus de 2009 já ultrapassaram o uso dos 10 anos de uso, levando em consideração o mês de aquisição?

    ResponderExcluir
  4. A empresa vai sair do bairro da vila itamar?

    ResponderExcluir
  5. Quero que esse consórcio se exploda. Tem um serviço lixo. É curioso que o Sportbus não noticiou a decisão do STJ que autoriza o recolhimento dos ônibus que têm mais de 10 anos de uso no Via SL.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de saber pq o Sportbus excluiu meu comentário e de outra pessoa tbm onde falamos dos problemas com ar condicionado da via SL e da Taguatur quero saber se o mesmo não respeita a liberdade de expressão das pessoas e só deixa comentário que são do seu interesse.

    ResponderExcluir
  7. Se a Primor colocou 14 veículos em linhas da Via SL, provavelmente tirou das linhas do seu lote. A operação da Primor caiu muito, com corte de muitos horários.

    ResponderExcluir