TransRequinte desativa mais um ônibus

Desde sexta (11), mais um Apache Vip II da Requinte iniciou operação, o veículo é montado sobre chassi Mercedes-Benz OF-1519 BlueTec 5 e recebeu o prefixo 20-931, operando na linha T988 Res. Nova Terra / João Paulo.
Com isso, um Torino G6 da fabricante Marcopolo montado sobre chassi Mercedes-Benz OF-1418 deixa de circular, o veículo que também tinha o prefixo 20-931 atuava na linha A969 Res. Nova Terra / Terminal São Cristóvão.
Fonte: SportbuS Maranhão

Postar um comentário

10 Comentários

  1. Nunca mais vi os articulados da taguatur pela área Itaqui-Bacanga o que houve com eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Período de férias os mesmos não circulam.

      Excluir
    2. Onde está previsto isso, alguma norma que regulamenta tal prática? Pois em período de férias pouca diferença se nota em questão de lotação, principalmente em linhas como as que atendem a região da Vila Nova e Anjo da Guarda, que só circulam abarrotadas em horários de pico.

      Excluir
    3. Se você virar de cabeça para baixo o edital de licitação ou lê-lo do começo ao fim, eu te garanto que não irá encontrar nada que atrele a retirada dos veículos articulados com o período de férias.
      Além disso, os estudantes pagam meia, quando pagam, porque o lucro vem dos trabalhadores.

      Excluir
  2. Bom dia, foi reduzido quase a frota toda da cidade nesse mês

    ResponderExcluir
  3. A unica coisa que muda na TransRequinte é a idade média da frota pq a qualidade dos veículos, é a mesma, quase nem uma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente mais um ônibus de segunda vindo de outro estado.
      Esse da Requinte é do Ceará, lá do ano 2012. Uma pena para nossa cidade receber esses veículos velhos.

      Excluir
    2. Enquanto o semiurbano não for licitado, não vale a pena se investir em carros novos, no momento a entrada de seminovos é a melhor opção.

      Excluir
    3. Resta saber por quanto tempo será esse "enquanto", porque se depender disso o semiurbano ficará jogado às traças um bom tempo, já que o governo do estado não dá a menor pinta de que realizará o certame.

      Excluir
  4. Sportbus, a questão é o avacalhamento que está demais. Os ônibus do Semi são exageradamente velhos.
    Acho também que não deve-se usar a desculpa de "não investir" porque ainda não aconteceu a licitação. Um exemplo é o SIT daqui que, mesmo depois de sua licitação, continua recebendo veículos de segunda porque os empresários sabem que não irão sofrer sanções das Autoridades Públicas.

    ResponderExcluir