quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Grupo Duarte em São Luís poderá ter ônibus paralisados

Foi informado pelo Sindicato dos Rodoviários que nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (28) haverá concentração nas portas das garagens pertencentes as empresas 1001 Expresso, Solemar e Rei de França localizadas na Forquilha e Cidade Olímpica.
O motivo da paralisação seria o atraso no pagamento dos funcionários, onde o sindicato garantiu que até o final do dia, se não houvesse nenhuma resposta por parte da empresa, as atividades seriam paralisadas.

Caso venha a ocorrer a paralisação, vários bairros da capital maranhense e região metropolitana serão afetados, sendo eles: Parque Vitória, Parque Jair, Alto Turu, Cohatrac, Boa Vista, Bom Jardim, Vila Itamar, Cajupary, Santa Bárbara, Vila Lobão, Radional, Vila Palmeira, Araçagy, Residencial Pirâmide, Bairro de Fátima, Parque Amazonas, Parque dos Nobres, Vila dos Nobres, Ipem Turu, Mato Grosso / Tajipuru, Cajupe, Vila Cascavel, Tibiri, Vila Esperança, Residencial Ribeira, Santa Maria, Tajaçuaba, Recanto Verde, Forquilha, Isabel Cafeteira, Alvorada, Pedra Caída, Recanto dos Pássaros, Alexandra Tavares, Mata, Kiola, J. Lima e Parque Araçagy. 

Fonte: SportbuS Maranhão

9 comentários:

  1. Cohatrac no caso vai ficar sem 7 linhas de onibus, duas delas circulares e que sao uma das mais importantes da ilha, e triste ver uma empresa desse porte nessa situação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ficar só T085 e A882( linhas da Maranhense) operando, inclusive ficarão sobrecarregadas

      Excluir
  2. não vai acontecer isso não, é migue

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente isso pode ocorrer e muitos bairros podem ser prejudicado e quem diria o grupo 1001, essa foi inesperada de um grupo grande de transporte, surpresa. Esqueceu de citar o Angelin.

    ResponderExcluir
  4. Esqueceu de citar também o Piquizeiro T814

    ResponderExcluir
  5. Afeta o bairro de Fátima que só tem a linha parque Timbira que está rodando.

    ResponderExcluir
  6. Aí tem, tal situação partindo de uma empresa pequena é ate justificável, mas de um grande grupo como o Duarte, pode contar que tem tramóia, bem capaz de ser atraso proposital da empresa, só pra causar o caos e pressionar a administração pública a rever o preço da passagem. Isso quase sempre causa um efeito cascata nas outras empresas, que acabam em outras paralisações e até greve de funcionários.

    ResponderExcluir
  7. Grupo Duarte, aquele que não renovou sua frota em 2018.

    ResponderExcluir

Top 10 da semana SportbuS Maranhão