quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Veículos sem elevador do sistema urbano são retirados de circulação

Desde o dia 01 de Janeiro, a SMTT havia deliberado sobre a suspensão das operações dos veículos sem elevador junto às empresas do sistema de transporte urbano de São Luís, ao todo são 41 ônibus que ainda operavam no sistema sem o equipamento.
A empresa Taguatur já desativou do sistema seus 03 ônibus sem elevador todos do modelo Urbanuss Ecoss da fabricante Busscar, montados sobre chassis Mercedes-Benz OF-1418, os veículos possuíam os prefixos 100.127 ao 100.129.
A Viação Primor tirou de circulação 12 ônibus do modelo Apache Vip II da fabricante Caio Induscar, sendo 03 deles montados sobre chassis Mercedes-Benz OF-1722M (400.135, 400.174 e 400.214) e 09 montados sobre chassis Mercedes-Benz OF-1418 (400.011, 400.014, 400.015, 400.021, 400.025, 400.029, 400.037, 400.095 e 400.173).
A Planeta Transportes retirou das ruas 03 ônibus, sendo 02 deles do modelo Apache S22 (300.716 e 300.717) e 01 do modelo Apache Vip I (300.753), ambos da fabricante Caio Induscar, montados sobre chassis Mercedes-Benz OF-1722M.
A Patrol tirou 01 veículo de circulação, sendo esse do modelo Apache S22 da fabricante Caio Induscar, montado sobre chassi Volkswagen 15-190 EOD, onde operava com o prefixo 300.116.
A empresas Autoviaria Matos e Rio Negro foram as últimas a tirarem os veículos, pela Matos são 10 ônibus sendo 01 do modelo Apache S22 (300.609) e 06 do modelo Apache Vip I (300.606, 300.613, 300.618, 300.626, 300.627 e 300.630), ambos do modelo Mercedes-Benz OF-1418 e 03 do modelo Apache Vip I (300.623, 300.628 e 300.629) e montados sobre chassis Mercedes-Benz OF-1722M, todos os veículos são da fabricante Caio Induscar.
Já a Rio Negro retirou de circulação 10 ônibus, sendo 01 do modelo Urbanuss Pluss (300.412) da fabricante Busscar e 04 unidades do modelo Apache Vip I (300.402, 300.405, 300.407, 300.409 e 300.410) da fabricante Caio Induscar, ambos montados sobre chassis Mercedes-Benz OF-1418, além disso, 05 veículos também do modelo Vip I (300.401, 300.403, 300.404, 300.407 e 300.414) e montados sobre chassis Mercedes-Benz OF-1722M estão na conta.
Somente a Speed ainda mantém veículos sem elevador em operação. Em alguns casos relacionados a algumas empresas, veículos chegaram a serem apreendidos pela SMTT devido a situação irregular. A partir de Setembro, onde completam os 2 anos de contrato assinado, mediante regras impostas no edital, as empresas deverão ter no mínimo 30% de sua frota equipada com ar condicionado. 
Mediante análise feita no projeto básico da licitação de transporte da capital, um anexo obriga desde o início da vigência da concessão, acessibilidade em 100% da frota da capital maranhense.

Fonte: SportbuS Maranhão

8 comentários:

  1. Parece que alguém resolveu acordar? Finalmente SMTTdepois de muitas reclamações acordando... E que comecem as marcações em cima do Consórcio Upaon-Açu

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, essas empresas já possuem carros para substituírem esses que foram retirados de circulação?

    ResponderExcluir
  3. Vai ter ônibus novos ou seminovos pra substituirem?

    ResponderExcluir
  4. Por isso que desde terça feira já não se vê mais os apaches Vips 1 circulando

    ResponderExcluir
  5. O que funciona bem em São Luís? Duvido que multas foram aplicadas.

    ResponderExcluir
  6. Já voltaram adaptados quase todos os q estão nas garagens estão adaptando

    ResponderExcluir
  7. É os que tiverem sabe lá se esta funcionando

    ResponderExcluir
  8. A SMTT não quer saber se estão funcionando. Ela só quer que tenham instalados para usar como marketing o fato de SLZ ter frota 100% acessível.

    ResponderExcluir

Top 10 da semana SportbuS Maranhão