Articulados de São Luís poderão ser devolvidos

Conforme anunciado pelo site paulista, especializado em ônibus, Diário do Transporte, os veículos articulados que desde o dia 10 de Janeiro não operam mais nas ruas da capital poderão ser devolvidos às fabricantes, o motivo é o alto custo de manutenção dos veículos, além do pagamento dos mesmos, já que se trata de veículos caros.

Mesmo com o reajuste tarifário divulgado hoje pela Prefeitura, o valor, segundo as empresas, não cobrem os custos, já que houveram inúmeros aumentos nos produtos como combustível, peças e mão de obra.
A cidade de São Luís conta com 21 ônibus articulados, sendo 05 no Consórcio Central (02 Ratrans e 03 Taguatur), 06 no Consórcio Via SL (Rei de França), 05 no Consórcio Upaon-Açú (01 Patrol, 01 Viper, 01 Autoviária Matos, 01 Planeta e 01 Viação Aroeiras e 05 da Viação Primor).

Fonte: SportbuS Maranhão / Diário do Transporte

Postar um comentário

14 Comentários

  1. Deveriam aumentar a tarifa, já que a mesma está bem barata.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, eu já estava prevendo que isso poderia acontecer.

    ResponderExcluir
  3. A retirada dos articulados será a grande piada dessa licitação fajuta. Estamos sendo enganados mais uma vez por esses empresários, e pela SMTT, e pelo Prefeito. Socooooorrroo!!! Políciiiiaaa!!!

    ResponderExcluir
  4. Daqui a pouco tiram os ónibus com ar condicionado, esses ónibus foi igual o VLT só serviu para o prefeito ganhar eleição.

    ResponderExcluir
  5. Rapaz eu sabia que isso não ia da certo!

    ResponderExcluir
  6. essas empresa tem é que sair e colocar empresa sérias para prestar um bom serviço prala comunidade

    ResponderExcluir
  7. Concordo contigo. Pena que essa licitação não mudou em quase nada as condições do nosso transporte. O Prefeito que se deu bem no final das eleições, reelegendo-se.

    ResponderExcluir
  8. Normal, botar veículos como esses pra rodar numa cidade que nem estrutura pra eles tem, só a título de exemplo em Teresina não tem veículos como esse, a não um Eccoss antigo da Dois Irmãos, lá eles primeiros estão preparando a cidade implantado os corredores e estações BRT. Os articulados aqui não passaram de artificio político, fruto de uma licitação fajuta que reforçou ainda mais os monopolios por empresas que não cumprem o básico que é uma simples padronização de pintura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sistema "BRT" que vc se refere em Teresina é um verdadeiro desastre e a licitação as presas feita pela Prefeitura,que está levando muitas empresas daqui a falência (até agora 2 que venceram faliram )e outras a um estado lamentável.E os Ecoss articulados operam exclusivamente na interestadual Timon x Teresina ou seja não faz parte da frota de Teresina.

      Excluir
  9. Qual o valor de uma ônibus desse Articulado que roda aqui em São Luís?

    ResponderExcluir
  10. Uma pena saber que esses veículos podem parar. Na realidade estive em São Luis entre 19/5/19 até dia 22/5/19 e não vi nenhum pelas ruas.

    Atuo como motorista na cidade de Niterói-RJ. Aqui temos veículos convencionais e veículos de piso baixo utilizando o Sistema BHLS por R$3,90.
    Na capital aonde tem sistema BRT a tarifa é de R$4,05 e as empresas alegam prejuízos... Fato é que o BRT do Rio de Janeiro está sucateado.

    Espero que a prefeitura de São Luis possa melhorar o transporte e sobretudo a climatização dos ônibus.

    ResponderExcluir