Destaques no SportbuS

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Veículos antigos impedidos de circular na Grande São Luís

No último dia 29 de março a SMTT e a MOB foram notificadas pelo Procon-MA para que cobrassem das empresas de ônibus dos sistemas Urbano e Semiurbano a substituição, EM 24 HORAS, dos ônibus antigos por novos, o que é tecnicamente impossível, visto que a fabricação de um ônibus envolve todo um processo com relação ao chassi e carroceria e o transporte do mesmo até São Luís dura em média 4 dias, já que as fábricas se concentram no Sudeste e Sul Brasileiro, além de não ser permitido nas estradas, a formação de comboios por vários veículos, restringindo a viagem dos mesmos em pequenos lotes.
Hoje (07/04), o Procon-MA já aplicou mais de R$ 2 milhões em multas a 20 empresas de transporte público da Grande Ilha e 8 ônibus com mais de 20 já foram lacrados e impedidos de circular, na operação denominada Trânsito Seguro que está sendo realizada em conjunto pela Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA), Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) e Instituto de Meteorologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA). 
A primeira empresa que teve seus veículos impedidos de circular foi a São Benedito, por conter em sua frota, ônibus com mais de 20 anos de uso, a medida visa progressivamente chegar aos veículos com mais de 10 anos de uso, atualmente a idade máxima para a utilização de um ônibus no sistema urbano e semiurbano é de 10 anos, o que na prática isso não acontece. Confira abaixo, uma tabela referente a frota com a idade citada. 
Uma observação a ser feita, é que a São Benedito desde o ano passado já desativou 15 ônibus, a sua última aquisição foi de 5 novas unidades do modelo Apache Vip IV da fabricante Caio Induscar, analisando imagens nas redes e portais de notícias, os veículos já desativados pela empresa estariam sendo punidos e recebendo o adesivo de suspensão temporária da atividade, sendo que os mesmos nem operam mais, mas, toda essa fiscalização visa para uma melhoria no sistema de transporte da Grande Ilha, tanto para os usuários quanto para os próprios operadores do sistema.
Fonte: SportbuS Maranhão

6 comentários:

  1. Gostei da observação que fizeram a respeito que a São Benedito já fez 15 desativações de ônibus em sua frota só que ainda existe muito ônibus antigo na empresa o que na prática nessa mudança não quer dizer nada pq apenas 5 são novos os outras já são usados visto que esses vieram de outros estados o que na minha opnião deveria ser proibido.

    ResponderExcluir
  2. Eles tem que ir é na empresa 1001, uma empresa que não cuida de seus ônibus, tem ônibus que roda há mais de 21 anos, como por exemplo os ônibus da solemar(afiliada), com torinos 1999/2000. Tudo sucateado também na tapajos, são marcos, Gonçalves. Tem q ir logo fazer a fiscalização!

    ResponderExcluir
  3. Eles tem que vir aqui na taguatur de paco do lumiar maiobao vila cafeteira e as demais linhas so latas velhas e sem segurança nenhuma...

    ResponderExcluir
  4. A tal renovação da Sao Benedito nem se compara a empresas como Taguatur e 1001 que adquiriram ônibus novos. A São Benedito agira que comprou 5 ônibus 0km. Os outros 5 nem merecem er citados já que ae tratam de usados vindos de Fortaleza (vergonhoso).
    O Procon fez muito certo nessa operação já que tivemos 3 aumentos de tarifas em menos de três anos.
    Torço muito pra que não ingresse na licitação, caso permaneça da mesma forma.

    ResponderExcluir
  5. Engraçado, eles impediram esses ônibus de circular, mas estão circulando normalmente, aí já mostra que não tem uma fiscalização pesada, ontem eu andei no 67049 e por coincidência no 67044. Eles ainda estão rodando! To vendo que essa licitação vai mesmo pro buraco de novo
    😤😤😤😤😤😖

    ResponderExcluir
  6. Não sei como a São Benedito ainda perdeu as linhas. Esses bus desativados, volta e meia retornam pra socorro nas linhas.

    ResponderExcluir

Top 10 da semana SportbuS Maranhão