Destaques no SportbuS

domingo, 22 de novembro de 2015

Os únicos Apache S21/STD em operação

O grupo SportbuS Maranhão reuniu algumas informações da frota atual do sistema de transporte coletivo da capital maranhense, para atualizarmos a quantidade de ônibus existente ainda em operação do modelo Apache S21 e Apache STD, da fabricante Caio Induscar. 


As únicas empresas que atualmente possuem o modelo em suas frotas, são as seguintes: Mouraújo, União Transportes, Gonçalves, Autoviaria Matos, Taguatur, Primor/Maranhense, Solemar, Tapajós, São Benedito e TransPremium.
A primeira empresa a adquirir o modelo Apache S21, foi a Viação Abreu no ano 2000, onde a mesma comprou 3 unidades montados sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1721, recém lançado na época, a partir desse momento, tornou-se uma febre em várias outras empresas que foram adquirindo o modelo, tanto em chassi Mercedes-Benz quanto em Volkswagen.
Pela empresa Mouraújo, opera apenas 1 unidade, o mesmo utiliza o prefixo 13004 e está montado sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1418.
Já na União Transportes, há 3 unidades em operação, sendo eles: 19602 e 19603 montados sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1418 e o 19608 montado sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1417.
Na Empresa Gonçalves, há apenas 1 unidade do modelo que ostenta o prefixo 26022, montado sobre o chassi Volkswagen 17-210OD e também ele é o único modelo a possuir o chassi Volkswagen na frota de Apaches S21 operante da capital. O veículo foi adquirido da empresa União.
Pela Autoviaria Matos, temos 4 unidades em operação, são eles: 28014 28021 e 28026, montados sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1721 e o 28022 montado sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1722M.
Na empresa Taguatur, há apenas 3 unidades, sendo que um deles serve apenas para o apoio no Terminal da Praia Grande, onde recebeu o prefixo 34500 e 34501 que antes pertenciam a área semiurbana (Paço do Lumiar, 35507 e 35519) e o 35521, ambos montados sobre chassis Mercedes-Benz OF-1722M.
Já na empresa Primor/Maranhense, há apenas 1 modelo em operação e o mesmo, serve apenas para o treinamento de motoristas, recebendo o prefixo 36604, o veículo ele foi reencarroçado, recebendo o chassi de um Apache Vip 2 que foi incendiado no dia 03/01/2014, antes, o veículo era montado sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1417 e atualmente, está com o chassi Mercedes-Benz OF-1418, carroceria ano 2001 e chassi ano 2009.
Na empresa Solemar, temos apenas 1 unidade do modelo, que opera apenas no sistema semiurbano, onde recebeu o prefixo 46504 e montado sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1417, sendo ele um dos únicos da fabricante Caio Induscar no Grupo 1001.
Na empresa Tapajós, há 2 unidades em operação, sendo 1 no sistema urbano de São Luís com o prefixo 48013, montado sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1721 e 1 no sistema semiurbano com o prefixo 56003, montado sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1418.
Na empresa São Benedito, ainda contamos com 4 unidades do modelo, ostentando os prefixos 68003 e 68005, pertencentes ao sistema urbano de São Luís e os veículos 67007 e 67061, operando no sistema semiurbano, todos eles montados sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1721.
E na empresa TransPremium, ainda temos 2 unidades em operação no sistema semiurbano, ostentam os prefixos 81257 e 81261 e todos os 2 montados sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1417.
Uma curiosidade sobre o modelo Apache S21, é que eles possuem uma versão chamada Apache SC e STD. A versão SC (Série Compacta) foi concebida para, segundo a própria Caio, atender os clientes que desejavam carrocerias mais leves e compactas. A principal característica da Série Compacta (SC) é que a carroceria é mais baixa em 75mm perante os modelos convencionais, o que resultou numa redução de materiais e consequentemente, de peso. Uma variante da série compacta do Apache era a versão STD (Standard), versão de entrada, mais simples e com acabamento mais rústico, e assim mais barato. Esteticamente o Apache STD não se difere do Apache SC: As alturas são iguais em ambos. Na cidade de São Luís, algumas empresas compraram a versão STD do Apache.
Confira um comparativo entre as duas versões, observando que o STD é mais baixo. As medições são apenas para efeito ilustrativo, portanto não estão em escala.
Finalizando a matéria, na capital maranhense ainda há cerca de 22 Apaches S21 e STD em operação. Na tabela abaixo não contem o 34501, que começou a operar no Apoio/Terminal recentemente, da empresa Taguatur.
Fonte: SportbuS Maranhão.
Algumas informações: MOB Ceará.

Um comentário:

Top 10 da semana SportbuS Maranhão