Destaques no SportbuS

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Os primeiros Euro V de São Luís

Entendendo o Euro V
O Euro V, também conhecido como PROCONVE P7, é uma evolução do PROCONVE (Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores), cujo principal objetivo é reduzir o nível de emissão de gases poluentes na atmosfera. O PROCONVE é regulamentado pelo CONOMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) desde 1986, quando o programa foi criado. Já o nome mais conhecido “Euro V”, surgiu de uma alusão à legislação europeia que cumpre este papel regulamentador.

As principais metas do Euro V são: diminuir em cerca de 60% as emissões de Óxido de Nitrogênio (NOx) e em até 80% as emissões de partículas promovidas pelos atuais modelos com a tecnologia Euro III.


Objetivos do PROCONVE: Promover o desenvolvimento tecnológico brasileiro; Promover a melhoria das características dos combustíveis; Desenvolver programas de vistoria dos veículos em uso; Conscientizar a população sobre danos provocados pela poluição veicular.

Mudanças provocadas nos ônibus

As mudanças que o Euro V provoca nos ônibus brasileiros, envolvem o funcionamento dos motores, ou seja, a recirculação dos gases de escape e no uso de um combustível com um teor bem menor de enxofre, o Diesel S10.
Os motores que atendem às exigências do Euro V são de dois tipos: os que trabalham com a tecnologia SCR (Selective Catalytic Reduction/Redução Catalítica Seletiva) e os que funcionam com a tecnologia EGR (Exhaust Gas Recirculation/Recirculação dos Gases). Sendo que o primeiro necessita do componente Arla 32 (32% de ureia + 68% de água desmineralizada) para completar a reação química, enquanto que para o segundo, o componente é dispensável.

Pioneiras no Sistema Euro V na Capital Maranhense
A empresa Crisbell foi a primeira de São Luís a trazer o sistema Euro V, através do chassi Volkswagen/MAN 17-230 OD Euro V, no ano de 2013 a empresa comprou 8 unidades do modelo Svelto da fabricante Comil, receberam os prefixos que vão do 51109 a 51116 e operam na linha T073 Tibiri/Centro e algumas vezes na linha A028 Rio dos Cachorros. Infelizmente tivemos a perda de um no dia 20 de Setembro de 2014, em um atentado criminoso, onde o veículo (51115) foi incendiado. A empresa Crisbell também foi a primeira a trazer esse modelo para a capital maranhense. Analisando o texto acima, percebemos que os ônibus da Volkswagen/MAN utilizam o sistema EGR, por não haver a necessidade de utilização do componente Arla 32.
Pela Mercedes-Benz, a primeira empresa a trazer o sistema Euro V foi a Viação Pelé, onde a mesma fez a compra de 3 unidades no ano de 2012, do modelo Apache Vip 2 da fabricante Caio Induscar, montados sobre o chassi Mercedes-Benz OF-1721 BlueTec 5. Os 3 veículos receberam os prefixos que vão do 58025 ao 58027 e operam nas duas únicas linhas da empresa, 706 Divinéia/Kennedy e T059 Divinéia Shopping São Luís. Os chassis da Mercedes-Benz com a nova tecnologia Euro V, utilizam o sistema SCR, onde há necessidade da utilização do Arla 32.
A empresa 1001 Expresso/Solemar Expresso foi a primeira da ilha a trazer a tecnologia Euro V através do chassi Volvo. A empresa encomendou 92 unidades do modelo Mega Plus da fabricante Neobus, sendo 30 deles montados sobre chassis Volvo B270F, onde receberam os prefixos: 42557 a 42571 (1001 Expresso) e 43520 a 43534 (Solemar), com a alteração de códigos nas linhas semiurbanas, a empresa 1001 mudou o código de alguns deles, recebendo os novos prefixos 40557 e 40558; 40565 a 40571. Assim que os Neobus ficaram prontos, os da empresa 1001 Expresso vieram todos com o código da Solemar (43). A 1001 Expresso/Solemar foi a primeira empresa a trazer esse modelo para São Luís. Os chassis Volvo, com a nova tecnologia, utilizam o sistema SCR, onde há necessidade da utilização do Arla 32 (32% de ureia + 68% de água desmineralizada).
Fonte: SportbuS Maranhão
Algumas informações: LM Transportes

3 comentários:

  1. Só acrescentando que o Arla 32 não é apenas ureia, como deu a entender na matéria e sim 32% da composição do aditivo. Os 68% restantes são compostos por água desmineralizada.
    Parabéns pela matéria e pela divulgação da norma Proconve P7 que é sempre bom da uma explorada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário e esclarecimento, matéria corrigida.

      Excluir

Top 10 da semana SportbuS Maranhão